Muitos pensam até hoje que as exposições artísticas não trazem nem um prejuízo ou que a atitude deve vir do pai ou da mãe, porém cada passo que damos em direção a generalização desse ato nós retrocedemos na questão moral e social.

Os indícios que chegaríamos a esse ponto eram claros, muitas vezes evidenciados em países onde o politicamente correto e muito aceito e a Nova Ordem Mundial já tem um controle muito maior.

Um exemplo disso é a Holanda que mesmo em 2006 já mostrava que a pedofilia seria tratada como algo banal, como sugere essa matéria do estadão de 2006:

 

Na Holanda o projeto já era visado a vários anos atrás, e mesmo assim grande parte dos conservadores não notou o futuro iminente que iria nos cercar.

Hoje, a crítica às expressões de pedofilia são taxadas como se “fobia” fossem, enquanto os promotores da agenda sabem que aprovar que “uma apresentação artística” neste estilo seja passada para frente abre portas para a normalização e futuramente a generalização, tornando todos os paradigmas morais que nós vivenciamos em algo simplesmente errôneo para o resto da população.

 

 

Comentários