Segundo o periódico Actuall, o governo canadense de Justin Trudeau continua a sua cruzada contra a família e em prol dos chamados direitos das mulheres e dos grupos LGBT, em que pese tenha de pisotear os direitos daqueles que não correspondam a esse fim.

A última medida de Trudeau é vetar qualquer empresa de receber ajudas para contratar a jovens como trainees e estagiários se não certificarem antes a sua conformidade com o aborto e os direitos dos transexuais.

O deputado conservador Brad Trost disparou:

“Em termos práticos, isso significa que tens que ter a mesma postura que o Partido Liberal sobre o aborto, o matrimônio homossexual, os direitos de transexuais e todo o tipo de legislação da Casa dos Comuns ou não poderás optar pelo programa”, afirmou.

Justin Trudeau já apoiou a criação de uma lei, no estado de Ontário, que visava retirar da guarda de pais naturais, filhos que fossem educados fora da ideologia de gênero.

É uma verdadeira gestapo progressista.

Comentários