Conselheiro Especial do FBI, Ken Starr’s provou ligação de Clinton com escândalo sexual.

O Conselheiro Especial do FBI Robert Mueller inicia uma cruzada para tentar provar a ligação de Stormy Daniels com o Presidente Donald Trump com o intuito de usar o caso para pedir seu impeachment, similar ao que fez Ken Starr’s, provando o Escândalo de Whitewater, ligando o caso do Presidente Bill Clinton com Monica Lewinsky para pedir seu impeachment, previsto pelo ícone da mídia conservadora Matt Drudge.

“A investigação de Starr se iniciou com registros de faturamentos e finalizou com sêmen em vestido, sexo, charutos e mentiras sob juramento”

“Mueller iniciou com um conluio russo e terminou com…” Tuitou Drudge segunda feira.

TN 05:05:18

Abaixo da imagem tem uma foto do advogado de Trump, Michael Cohen, cujo escritório foi invadido pela equipe de Mueller na segunda feira para apreender documentos relacionados ao pagamento de 130 mil dólares que ele supostamente fez à estrela pornô Stormy Daniels em 2006.

Como o pagamento foi feito pelo advogado de Trump para a estrela pornô há mais de uma década, nada tem a ver com conluio russo, mas é razoável supor que a caça às bruxas de Mueller ao longo do ano ainda não tenha evidências reais de que Trump ou sua campanha tenham tido colaboração da Russia na eleição presidencial de 2016.

Comentários