O presidente iraniano, Hassan Rouhani, afirmou na quinta-feira que o Irã não quer “novas tensões” no Oriente Médio, depois que Israel realizou ataques contra alvos iranianos na Síria.

“O Irã sempre procurou reduzir as tensões na região, tentando fortalecer a segurança e a estabilidade”, disse Rouhani à chanceler alemã, Angela Merkel, por telefone, segundo um comunicado no site da presidência do Irã, citado pela AFP.

Rouhani não mencionou o bombardeio de Israel na quinta-feira na Síria, ou o ataque com mísseis iranianos aos postos israelenses nas colinas de Golan, que precederam a retaliação israelense.

O Ministério da Defesa da Rússia disse na quinta-feira que os ataques de Israel à Síria viram 28 aviões participarem de incursões com um total de cerca de 60 mísseis disparados.

“28 aviões israelenses F-15 e F-16 foram utilizados no ataque, que lançou cerca de 60 mísseis ar-terra sobre várias partes da Síria. Israel também disparou mais de 10 mísseis táticos terra-a-terra ”, disse o ministério em comunicado, citado pela agência de notícias Interfax.

Pelo menos 23 combatentes, incluindo cinco tropas do regime sírio e outras 18 forças aliadas, foram mortos nos ataques, informou quinta-feira o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, anti-Assad.

O observatório britânico disse que as tropas do regime mortas nos ataques incluíram um oficial, acrescentando que as outras vítimas incluíam sírios e estrangeiros.

 

Fonte: JewsNews

Comentários

Deixe um comentário