Visitantes judeus cantam canções, enquanto árabes clamam “Allahu Akbar”, levando as forças policiais a remover os visitantes judaicos; Polícia de Jerusalém afirma que “visitantes quebraram as regras de conduta no local, criada a provocação.” 

De acordo com testemunhas oculares, os judeus que entraram no local Santo estavam cantando, enquanto os árabes gritaram “Allahu Akbar”. 

As forças policiais que chegaram ao local tiveram que separar os envolvidos na briga e remover os judeus do monte do templo.

Captura de Tela 2018-05-14 às 10.48.07

A polícia de Jerusalém disse que vários visitantes judeus quebraram as regras de conduta e provocaram, levando a sua remoção do local. 

No entanto, visitas ao monte do templo foram autorizadas a continuar. 

Esta semana é uma das semanas mais sensíveis e explosivas em Israel em geral e em Jerusalém em particular. 

A polícia do distrito de Jerusalém reforçou as suas forças, trazendo milhares de policiais e agentes da polícia de fronteira de outras áreas do país para a capital a partir de domingo em função das comemorações do dia de Jerusalém, da abertura da embaixada dos EUA na cidade e da “Nakba Day” (dia da comemoração da independência de Israel, comemorada em 15 de maio.

Fonte: Ynetnews 

Comentários

Deixe um comentário