Novas leis de verificação de idade introduzidas este ano exigirão que os telespectadores provem que não são menores de idade. 

Uma opção disponível para os 25 milhões de britânicos, aproximadamente, que visitam esses sites regularmente será um código de 16 dígitos – ou “passe pornô” (em tradução livre), vendidos em bancas de jornais. 

O movimento é parte da nova legislação para evitar que crianças acessem pornografia online. 

As novas regras foram implementadas em abril, mas o governo adiou para garantir que qualquer sistema introduzido seja funcional. 

Censor de cinema da Grã-Bretanha, o “British Board of Film Classification (BBFC)“, realizou uma consulta pública para saber como deverá fiscalizar as comprovações de idade. 

Enquanto os telespectadores pornôs ainda podem verificar sua idade usando métodos como registrar detalhes de cartão de crédito, a opção de código de 16 dígitos seria uma opção totalmente anônima. 

Os cartões vão custar cerca de £10 e poderiam também pode ser usados para comprar outros produtos de idade restrita, como álcool e facas. 

No entanto, os lojistas ainda poderiam pedir para ver documentos, como passaporte ou carteira de habilitação, antes de vender o código de 16 dígitos de acesso on-line. 

O novo método é a esperança e será popular entre aqueles que desejam acessar pornografia on-line sem ter que entregar dados pessoais para sites pornográficos. 

Vem depois de um relatório recente mostrando que um total de 1,4 milhões de crianças acessaram sites pornográficos em um único mês.

Enquanto as novas regras são projetadas para proteger as crianças, significará que aproximadamente 56% dos adultos do Reino Unido, que, em 2014, admitido assistindo pornô “ocasionalmente” ainda terão que provar a sua idade. 

Alec Muffett, especialista em segurança de internet e diretor do Open Rights Group diz ter medo de que tal legislação “se torne um elefante branco”, alegando que as pessoas mais velhas não possuem confiabilidade garantida nas empresas que verificariam as idades on line, tendo grande receio que seus dados sejam roubados – disse ao Telegraph.

Captura de Tela 2018-05-13 às 21.21.14

David Austin, executivo-chefe BBFC, disse que “a verificação é mais simples do que pensam e tem sido utilizado para outras compras apenas para adultos”. 

Um porta-voz do departamento de cultura, mídia e esporte, o departamento que está introduzindo a legislação, disse: “estamos no processo de implementação de alguns as leis de proteção de dados mais rígidas do mundo”. 

“Existe uma grande variedade de soluções de verificação de idade on-line, e eles terão que obedecer a estes padrões elevados. A segurança de dados será uma grande prioridade nas orientações do BBFC.

O BBFC não criará a nova era sistemas de verificação, mas irá supervisionar a sua implementação. 

Fonte: Daily Mail

Comentários

Deixe um comentário