Democratas têm medo de perder apoio de eleitores mais jovens.

Ex-presidente Barack Obama pediu, declaradamente, Jay-Z para incentivar outros artistas de hip-hop não se encontrar com o Donald Trump após a tempestade de publicidade sobre Kanye West. 

A afirmação foi feita pelo ativista pró-Trump Josh Cornett, que twittou, “fontes confirmam que o ex presidente Barack Obama chamou Jay-Z várias vezes durante o mês passado pedindo-lhe para desencorajar artistas de Hip Hop companheiros dele a se encontrarem com Trump.” Captura de Tela 2018-05-21 às 14.14.41

O tweet recebeu mais de 7.600 retweets e mais 10.000 “likes” desde sendo Postado. 

Donald Trump Jr. também interagiu com o  tweet, levando alguns a especular que ele pode saber que a história é verdadeira. 

Embora a história ainda não tenha sido confirmada, faria sentido político para os democratas dissuadir os ícones pop de serem vistos endossando o Presidente Trump de qualquer forma, como as pesquisas parciais se aproximando. 

Na semana após Kanye West twitar seu apoio a Candace Owens, um apoiador afro americano de Trump, a popularidade do Trump entre homens negros saltou de 11% para 22%. 

Ele foi também salientou que antes de Trump concorrer como republicano, ele era uma figura popular na comunidade hip-hop, sendo seu nome citado em letras de várias canções de sucesso. 

Democratas rotineiramente dependem de endossos de celebridades, com Jay-Z e Beyonce sendo proeminentes apoiadores de Hillary Clinton durante a campanha eleitoral. 

Qualquer mudança de super estrelas pop usando suas plataformas para amplificar narrativas esquerdistas poderia ser desastroso para os democratas, que já perderam 9% do apoio de eleitores entre 18 e 34 anos desde as eleições de 2016. 

Fonte: Infowars

Comentários

Deixe um comentário