TOMMY Robinson irá encarar 13 meses atrás das grades por violar as leis de desacato.

Captura de Tela 2018-05-30 às 16.53.14

Robinson, nome verdadeiro Stephen Yaxley-Lennon, foi preso fora do tribunal de Leeds na sexta-feira após transmitir uma filmagem ao vivo em seu Facebook.

O antigo fundador EDI se declarou culpado de cometer desacato e foi preso pelo juiz Geoffrey Marson QC. Robinson já estava com uma pena suspensa por um delito de desacato anterior em Canterbury, no ano passado.

Ele agora vai gastar tempo na majestosa prisão de Hull, que abrigou presos como Ian Brady e Charles Bronson.

Um ex presidiário descreveu 24 horas na prisão – e relatou ouvir gritos de detentos.

Ele disse ao Hull Daily Mail: “quando você é novo na prisão você só sentirá dificuldades. Oficiais da prisão realmente não o ajudarão, e é uma época muito assustadora.

“Ouvir os outros prisioneiros gritando e gritando. Pode ser muito intimidante quando você é novo.

“Você não pode escrever para a sua família na primeira semana e meia.

“Quando você chega você recebe um pacote de cigarros ou um doce. Se você não tem dinheiro você precisa fazer o pacote de cigarros durar duas semanas. O tabaco é a moeda na cadeia junto com drogas e telefones celulares.”

Captura de Tela 2018-05-30 às 16.57.31

Apoiadores da personalidade controversa temem que um preço tenha sido colocado em sua cabeça atrás das grades.

Hawks Keeny advertiu no Twitter: “por favor, assine esta petição e ajudem Tommy Robinson. Sua vida está em perigo na prisão de Hull.”

E seu advogado, Matthew Harding, disse que, aos 35 anos, ele foi vítima de agressões em custódia durante sua última passagem pela prisão.

Fonte: Daily Star

Comentários

Deixe um comentário