A prisão do jornalista e ativista Tommy Robinson, ordenada pelo governo britânico, desencadeou uma tempestade de protestos por todo o mundo.

 

Defensores da liberdade de expressão e apoiadores do movimento de Robinson de Melbourne para Berlim saíram aos milhares para protestar contra a detenção de sexta-feira fora do Tribunal da cidade de Leeds enquanto Robinson estava relatando sobre um aliciamento pedófilo via Facebook. Seis horas depois de sua detenção, Robinson foi golpeado com um mandato de prisão de 13 meses por violar uma prévia sentença suspensa por um crime semelhante. 

“Um pequeno carro da polícia com cerca de sete policiais o levantou e prendeu [Robinson] e disse para ele parar de transmitir  ao vivo”, disse o produtor de Robinson. “Eles disseram que era incitação e uma violação da paz. 

“A paz não foi desrespeitada – havia duas outras pessoas e ele estava perfeitamente calmo, falando em seu telefone. [A polícia] não disse nada sobre o processo judicial. É muito estranho”. 

Captura de Tela 2018-05-30 às 01.18.50

Igualmente tão perturbadoras são as proibições da mídia judicial, tornando-se uma ofensa criminal para agências de notícias que operam no Reino Unido cobrir a detenção e prisão de Robinson. Em uma página de George Orwell, 1984, várias agências de notícias foram forçadas a publicar artigos antes da proibição. 

Captura de Tela 2018-05-30 às 01.19.06

Protestos em massa eclodiram após detenção de Robinson – o maior dos quais foi uma multidão no Reino Unido, demonstrada aos portões da Downing Street para exigir a libertação do ativista conservador. 

Captura de Tela 2018-05-30 às 01.19.17Captura de Tela 2018-05-30 às 01.20.06

Captura de Tela 2018-05-30 às 01.20.23

Captura de Tela 2018-05-30 às 01.20.41

Pelo menos seis manifestações foram realizadas em toda a Austrália no domingo em Sydney, Melbourne, Perth, Canberra, Brisbane e Adelaide. 

Captura de Tela 2018-05-30 às 01.20.54

Captura de Tela 2018-05-30 às 01.21.04

Centenas demonstraram apoio nas cidades alemãs de Berlim e Dresden, enquanto o parlamentar alemão Petr Bystron ofereceu asilo político a Robinson, demonstrando preocupação com a segurança na prisão. 

“Tommy Robinson é um prisioneiro político, cuja vida está em claro  perigo. Temos que fazer tudo que pudermos para certificar-se de que a ele será concedido o asilo político”, disse o escritório do conservador alemão Petr Bystron no sábado.

Captura de Tela 2018-05-30 às 01.21.17Captura de Tela 2018-05-30 às 01.21.27

Muitos manifestantes também compareceram na embaixada britânica em Tel Aviv.

Captura de Tela 2018-05-30 às 01.21.41

O parlamentar holandês Geert Wilders apareceu na embaixada britânica em Haia para tecer comentários. 

“Estou aqui em nome de milhões. A liberdade de expressão está sendo violada pela Europa e também na Grã-Bretanha. Restaurem a liberdade de expressão”.  Geert Wilders, parlamentar holandês. 

Captura de Tela 2018-05-30 às 01.21.51

Wilders escreveu uma carta para o ministro holandês das relações exteriores no fim de semana com cinco perguntas sobre a situação de Robinson. 

Captura de Tela 2018-05-30 às 01.22.19

Captura de Tela 2018-05-30 às 01.22.06

Robinson, 35 anos, chegou à fama como um ativista conservador e fundador da liga de defesa inglesa em Luton, Bedfordshire, em 2009. Após aposentar-se do partido em 2013, Robinson continuou a defender o nacionalismo britânico contra desmarcada migração para a Europa. 

Captura de Tela 2018-05-30 às 01.22.29

Fonte: Zero Hedge

 

Comentários

Deixe um comentário