O CEO do Twitter, Jack Dorsey, lamentou no domingo ter comido no Chick-fil-A, por causa das opiniões pessoais do CEO da empresa de frangos sobre o casamento gay.

Dorsey twittou uma captura de tela de seu celular que mostrava uma compra que ele havia feito no Chick-fil-A usando um aplicativo móvel. Depois de uma reação liberal, no entanto, Dorsey pediu desculpas por comer no popular restaurante de fast food.

Em questão estava o apoio do CEO do Chick-fil-A, Dan Cathy, em 2012 por definir o casamento entre um homem e uma mulher, que ele descreveu como “a definição bíblica de uma família”.

Captura de Tela 2018-06-11 às 12.57.37Captura de Tela 2018-06-11 às 12.57.55Captura de Tela 2018-06-11 às 12.58.17

A ex-âncora da CNN, Soledad O’Brien, estava entre os que criticavam Dorsey por comer na casa do sanduíche original de frango. O’Brien indicou que Dorsey havia pecado publicamente comendo no Chick-fil-A durante o mês do orgulho gay.

“Você está certa”, admitiu Dorsey. “Esqueci completamente do seu passado.”

Fonte: The Daily Caller

Comentários

Deixe um comentário