Um torcedor da Inglaterra foi supostamente atacado em Moscou, enquanto um torcedor gay francês ficou com lesões cerebrais após um assalto, segundo relatos não verificados.

As alegações de violência na Rússia, que estão se espalhando nas redes sociais, surgiram quando fãs da Copa do Mundo de todo o mundo chegaram ao país.

Na segunda-feira, um inglês teria sido atacado e roubado por cinco homens da capital russa, segundo afirmações infundadas.

O canal de mídia social Mash Telegram, que supostamente tem ligações com a polícia de Moscou, afirma que a vítima foi levada a um caixa eletrônico e forçada a retirar dinheiro.

Dizia-se que o britânico estava tão bêbado que não podia soletrar seu nome para as autoridades, segundo os relatórios não verificados.

Falando à polícia, o fã disse que os ladrões o forçaram a sacar dinheiro, mas “ele não sabe o quanto – ou simplesmente não conseguiu explicar”.

Captura de Tela 2018-06-14 às 19.29.28

Um tradutor teria que ser chamado para ajudar na investigação, de acordo com os relatórios infundados.

Nenhum outro detalhe estava imediatamente disponível sobre o alegado incidente.

A isto seguem mais relatos não verificados de que um homem gay da França e um companheiro foram supostamente agredidos por dois homens em São Petersburgo.

Os supostos atacantes se ofereceram para dar uma carona aos homens antes de espancá-los.

De acordo com os canais da Telegram, Operdrain e OperSlil, uma das vítimas, chamada O Davrius, sofreu ferimentos na cabeça e no cérebro, além de uma mandíbula quebrada.

Os relatórios infundados afirmam que o ataque deixou o francês “desabilitado”.

Não está claro quais lesões a segunda pessoa sofreu no suposto assalto.

Fonte: The Sun

Comentários

Deixe um comentário